Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mundo Interessante

Mundo Interessante

Rodrigo Tomás

Uma noite após regressar das aulas resolvi dormir uma sesta. Penso que só dormi uns 10 minutos quando tomei consciência que estava paralisado no sofá, sem conseguir gritar para a minha mãe que estava na cozinha. Fiquei assim uns bons três minutos. Dessa vez não escutei nem vi nada, foi só o desespero que bateu por não me conseguir mover.


Outra vez estava na cama durante a noite e acordei com a sensação de que algo estava subindo para a minha cama pelo meu lado direito, algo de demoníaco. Não consegui ver o que era, mas senti algo me tocar na perna direita. Bateu o desespero aí, foi muito forte. Nessa altura não sabia o que era isso de paralisia do sono, nem atonia REM, nem nada do género. Pensei que tinha morrido e estava no inferno! Fiquei cerca de um minuto a sentir essa presença negra na minha cama. É algo que ficou marcado na minha memória.


Nos últimos tempos tenho estudado isso da paralisia do sono e cheguei à conclusão que é algo que a medicina pode tratar. O meu médico receitou-me uns comprimidos há uns tempos, que eu tomei e passei a dormir melhor. Não me lembro qual o nome desses medicamentos. O que sei é que o espiritismo e a bruxaria não resolve nada. A ciência é a nossa melhor amiga.


Já não tenho paralisia do sono há muito tempo. É bom dormir bem e não experimentar essa coisa horrível! Estou bastante satisfeito por ter visitado o doutor quando começou a piorar a paralisia do sono em mim.

1 comentário

Comentar post