Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mundo Interessante

Mundo Interessante

O devir em Nietzsche

O filósofo Nietzsche restaurou o devir como realidade última da existência, isto depois de séculos em que este conceito perdeu para a ideia do Ser. A vida, para Nietzsche (e para mim), é impermanência, mudança, perspectiva. Mesmo os seres humanos carecem de uma substância estável (alma, espírito, sujeito, Eu), somos apenas configurações de vontades de potência em perpétua luta e mudança. Em Nietzsche, o devir é a única realidade do Universo. A Natureza é um eterno vir-a-ser desde sempre e para sempre! Este ponto de vista sobre o mundo é vibrante, fresco e afirmador da vida.