Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mundo Interessante

Mundo Interessante

Faraó


Originariamente, a palavra «faraó» significava «palácio» e utilizava-se como um título honorífico do rei, mas posteriormente passou a ser sinónimo de soberano.

O faraó era o símbolo da unidade do país e tinha poder absoluto, pois era o amo de todas as terras e pessoas do Egipto. O seu poder controlava a direção das obras de canalização e irrigação dos campos e o monopólio do comércio exterior. Era considerado como um deus vivo, reencarnação de Hórus, filho dos deuses Osíris e Ísis. Após a sua morte, o faraó convertia-se em Osíris e unia-se a Rá, deus do Sol, navegando pelo firmamento na sua embarcação celestial.

Se a sua primeira esposa não tinha filhos, o trono era para o filho de alguma das outras esposas do seu harém; se o rei não tinha herdeiro, então o próximo faraó começava uma nova dinastia.