Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mundo Interessante

Mundo Interessante

Bruxas para a fogueira!

Entre 1450 e 1750, na Europa central, especialmente na Alemanha e na Suíça, milhares de mulheres foram acusadas de bruxaria e sob essa acusação foram torturadas brutalmente e queimadas vivas. Cerca de 80% das vítimas da caça às bruxas eram mulheres, mas também homens e até crianças foram vítimas dessa loucura humana. As acusadas eram torturadas até confessarem, através de métodos cruéis que fariam um elefante confessar ser uma formiga: esmagamento de dedos, imersão numa banheira com água a ferver, derramamento de chumbo derretido em botas de ferro (com os pés da acusada dentro das botas, pois claro!), arrancamento de seios, dentes e/ou unhas, etc. Depois da vítima confessar, era condenada a ser garroteada e depois queimada; se não admitisse a culpa, era queimada viva. No momento em que era acusada, o destino da vítima já estava traçado. A reforma protestante e a contrarreforma católica, bem como as guerras campesinas, foram as grandes responsáveis por esse momento triste da história universal. Nem os piores imperadores romanos conseguiram atingir tal nível de crueldade!

3 comentários

Comentar post