Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mundo Interessante

Mundo Interessante

A formação do Estado espanhol

A consolidação do Estado espanhol foi possível após a gradual eliminação dos reinos muçulmanos na península. Em 1469, o casamento de Fernando de Aragão com Isabel de Castela levou à unificação dos dois maiores reinos da Península Ibérica. Em 1492, o processo da Reconquista chegou ao fim quando Fernando e Isabel conquistaram Granada, o último Estado mourisco em Espanha.

Entre 1516 e 1556 a Espanha foi governada por Carlos I, mais conhecido como o imperador do Sacro Império Romano, Carlos V. Sob o ceptro do filho do imperador, Filipe II, a Espanha era o centro do império europeu, incluindo os Países Baixos e grande parte de Itália. Entre 1519 e 1533, o império colonial espanhol cresceu enormemente com a conquista do México e a destruição do Império Inca na América do Sul.

A partir de 1530 afluíam a Espanha grandes quantidades de metais preciosos provenientes do Novo Mundo, o que possibilitou o financiamento da intervenção espanhola nas guerras civis francesas e a tentativa de invasão da Inglaterra pela Armada Invencível.