Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mundo Interessante

Mundo Interessante

A Cultura Babilónica

A época de Hammurabi assinala o momento culminante das letras e da cultura babilónica em geral. A língua, uma forma que evoluiu a partir do acádico, alcança por volta de 1755 a.C. a sua fase clássica, e o próprio Código de Hammurabi é um modelo de rigor expressivo. Ao lado da produção literária, consagrada basicamente a temas religiosos e a mitos épicos, os escribas copiam e ordenam obras sobre matemática, astronomia e astrologia, dicionários sumérios, listas reais e tratados de adivinhação. Na religião, a deusa Ishtar e, sobretudo, Marduk, o deus da Babilónia, atingem uma glória inusitada, enaltecida pelo corpo sacerdotal. Os deuses e os temas literários sumérios não são, de modo nenhum, esquecidos.


Em contrapartida, não deixa de ser curioso que as artes figurativas não estejam à altura da produção escrita, não ultrapassando o nível da mediocridade.